Gabriela na Tunísia



Meu nome é Gabriela Peres Abud Cabrera, tenho 20 anos e sou descendente de árabes sírios, por parte da família do meu pai. Esse foi o primeiro incentivo que me fez ter interesse e começar a estudar a língua árabe, e o segundo deles foi a religião islâmica, à qual me converti. Gosto muito de viajar e conhecer culturas e países diferentes, e é muito bom quando viajo para países onde a língua mais falada é o árabe pois posso praticar e ter uma absorção diferente e mais completa da língua. Atualmente conheço 5 países árabes, porém pretendo conhecer futuramente muito mais.


Minha viagem para a Tunísia foi inesquecível! Um destino não muito comum para os brasileiros, o que tornou a viagem ainda mais emocionante. Estava na ilha de malta fazendo um curso de inglês com meu namorado, quando decidimos que no final de semana iríamos visitar a Tunísia, um país árabe e muçulmano que fica a cerca de 30 minutos de voo da ilha europeia.




Chegamos lá de madrugada (único horário de voo que tinha) e fomos recepcionados pelo motorista do hotel, muito simpático, a cidade estava vazia.


No dia seguinte fomos conhecer o museu do Bardo, que esta em reconstrução, a praça do governo, os souks da cidade, mesquitas e alguns restaurantes e cafés. No dia seguinte fomos a uma praia muito bonita chamada Sidi Bou Said, que se parece muito com a Grécia, em tons de azul e branco.

Uma curiosidade interessante e que não sabia é que as pessoas lá além de árabe falam francês fluente, como língua oficial do país, e por eles perceberam que nós éramos estrangeiros sempre vinham conversar conosco em francês.



A Tunísia foi o segundo país árabe/muçulmano que conheci, o primeiro foi os Emirados Árabes Unidos, e uma curiosidade foi em relação a vestimenta das pessoas, estava imaginando que a maioria das mulheres usariam abaya e niqab, e os homens as roupas tradicionais islâmicas, porém a grande maioria das pessoas usava roupas consideradas “comuns” para os ocidentais, como bermudas, calças jens e camisetas. Também vi mulheres que não usavam o hijab.


O que mais gostei no país foi sua culinária, comemos muito bem todos os dias! Pratos típicos deliciosos, quase todos tinham carneiro ou cuscuz.



A minha dica para quem vai visitar o país é: planeje antes de ir, busque hotéis confiáveis e contrate um guia! Se vista com modéstia e respeite os costumes e a religião.


#tunisia #tunísia #tunis #árabe #línguaárabe #mundoárabe #áfrica #paísesárabes

Endereço

R. Afonso de Freitas, 45   |   Paraíso

CEP 04006-050   |   São Paulo - SP   |   BRASIL

Fique por dentro das novidades do Centro Árabe!

Formas de pagamento

Cartão de crédito (à vista ou parcelado)

Cartão de débito

Boleto bancário

Depósito ou transferência

© 2020 Centro Árabe

Design: Ana Key Kapaz

Logo Centro da Língua Árabe